03 dezembro, 2009

RMLL Arquitectos - Quinta dos Floreados

A Quinta dos Floreados localiza-se no Largo da Capela da Nossa Senhora da Tocha e do Pelourinho em Santo Varão, no Concelho de Montemor-o-Velho.A intervenção nasceu a partir desta ruína, reinterpreetando-a, como material disponível e aberto ao lugar. A proposta é contaminada por uma unidade maior, dirigida pela ruína enquanto obra natural encaixada na morfologia do terreno, onde parecem ter nascido para estarem, assim, juntas desde sempre em equilíbrio.Conservaram-se e consolidaram-se as paredes da ruína e restauraram-se as frontarias das janelas existentes, usaram-se os rebocos tradicionais com pintura à base de cal, diferenciando a matéria histórica da nova construção – com sistemas construtivos mais leves no interior da ruína (perfis de ferro e inox) e nos seus corpos salientes em betão armado, rebocados e pintados a branco.A matéria sobrante da ruína foi reutilizada no muro de transição de cotas e de funções.O objectivo não é restituir o mais fielmente possível aquilo que a ruína fora no passado, propõem-se antes, desafiar o mito romântico das ruínas e imaginar a Arquitectura a partir delas. Criar um diálogo, aparentemente, de contraste entre o antigo e o novo, sem concessões figurativas e portanto sem cair na tentação dos mimetismos da recuperação da sua forma original.A proposta assenta num compromisso de construir nos vazios (dentro e fora da ruína), corpos de formas elementares e abstractas, desenhando um E com três braços articulados entre si, onde se ajustam as diversas funções. Assim, temos dentro da ruína a zona destinada a Comer e a Descansar e “fora” da ruína, lateralmente e em extensão, os "braços" destinados ao Trabalho de um lado, à Recepção e Serviços do outro e no meio o Estar, numa simbiose em que o dentro está fora e o fora está dentro.
.




Projecto: Quinta dos Floreados
Autor(es): RMLL Arquitectos
Ano de conclusão: 2009
Localização: Montemor-o-Velho, Portugal
.

Sem comentários: